quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Elogio da loucura*


O riso de hoje tem
origem na tragédia
e segue na avenida,
descansa no café.
Piora mais adiante
em mistura de dança
choro
e queda,
baile e pranto
nada e tudo
louco e louca
breu e luz.
Porém nada neste mundo
é mais falso do que um lúcido.

*Celso Gutfreind
Médico psiquiatra, poeta, escritor

Nenhum comentário:

Postar um comentário