quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Arquétipo*


Sou a ruiva linda
de cabelos de mousse.
Estou na Idade Média
e tenho cavaleiro
que me procura
de manto e tudo.
A mulher no sótão
é a perfeição ideal platônica.
Eis que presa sim,
pois que recebe, fértil
e tem que se resguardar.
E essa história das musas nas estrelas
da princesa presa na torre
é uma inventio masculina
para suavizar o posto estado
em que ele a coloca
sempre por baixo
Mas
se mulher é frescura e subordinação
não o sou.
Vê, você fala com um anjo:
na busca do ser integral
não há lugar para preconceitos.

*Vânia Dantas
Filósofa Clínica
Brasília/DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário