segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Te convido*


À ouvir as ondas,
Ouvir seu coração,
ouvir o meu,
ouvir o que o vento nos diz.
Te convido:
Aquietar os pensamentos,
perceber o aqui e agora,
respirar profundamente,
depois suavemente.
Te convido:
sentir-se vivo,
perceber-se como integrante desta cena,
como natureza que és.
Apenas, te convido...

*Adriana Miranda
Filósofa. Filósofa Clínica
Juiz de Fora/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário