segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Um cotidiano em forma de poesia*


Este ano foi um bom livro para mim...
Foi um ano "confuso"?
Foi, não vêem...
Que venha 2016.
Cantemos a vida
Dancemos a vida
Pintemos a vida.
E que neste ano
Vivamos a vida cotidiana
Em forma de poesia
Falando em forma de poesia
Sorrindo em forma de poesia
Olhando em forma de poesia.
Abraçando em forma de poesia
Amando em forma de poesia.

*José Mayer
Filósofo. Livreiro. Poeta. Estudante na Casa da Filosofia Clínica
Porto Alegre/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário