quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

A vida e o poema*


...e assim a flor abre
a cada amanhecer
trazendo sonhos
para colher fazeres
e as possibilidades
infinitas

...e assim a vida floresce
se torna poema
para quem tece amores
e coze obstáculos

... e assim Deus se distribui
em milhões de orvalhos
no fazer brilhar o Cris/Tao
em nossos corações

...e assim vamos
vivendo dia após dia
em Graça
apesar de todos apesares
a observar estes floresceres.

... e assim vale dizer:
Bom dia!
Na eterna esperança
de ver a vida brotar
em paz a dissolver a guerra

*Rosângela Xavier Rossi
Psicoterapeuta. Escritora. Filósofa Clínica
Juiz de Fora/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário