sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

O mundo e a poesia*


Ser poeta pode sim significar transformar incontrolavelmente tudo que toca em poesia, seja na alegria ou na dor.

Ser poeta implica em ser plural, inclusivo, solidário e ousado, sobretudo, porque todo dia em qualquer momento ou condição persiste o apelo para que todos quantos se possa sensibilizar aprendam cada vez mais a dizer amém sem o acento agudo que o acompanha.

Afinal, talvez seja absolutamente por falta de poesia no mundo e em tantas vidas que venha se tornado cada vez mais grave e aguda a carência de amor que impele definitivamente que todos amem de fato. Musa!

*Prof. Dr. Pablo Mendes
Filósofo. Educador. Poeta. Filósofo Clínico
Uberlândia/MG - Porto Alegre/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário