sexta-feira, 10 de março de 2017

O eu e o nós*


Nem mais sabemos como comportar diante tanta violência.
O mundo e nós perdemos o fio delicado e sutil do respeito mútuo.
Queixamos, mas nós mesmos comportamos com raiva, medo, ansiedade, fofoca, ganância de poder...
Há solução?
Teorias e mais teorias tentaram dar respostas... e nada muda.
Mas, se tentássemos modificar nossa conduta já seria um grande passo.
Como?
Meditando e agindo com consciência. Refletindo sobre nossos comportamentos. Fácil atirar pedras... fácil criticar e julgar... difícil é o agir coerente.
Precisamos parar de correr e criar expectativas. Agradecer o que temos e cuidando delicadamente de todos e tudo sem apego.
Fazer bem feito sem buscar a perfeição inexistente.
A vida é poesia para quem vive o agora solidário. Temos muito a compartilhar...
Basta sair do eu e ser Nós.

Dra Rosângela Rossi
Psicoterapeuta. Escritora. Filósofa Clínica
Juiz de Fora/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário