quinta-feira, 11 de maio de 2017

A vida é muito mais*









Planos servem somente para coisas comuns, ordinárias. Planos nunca nos fazem transcender ou nos encontrar. Pois, para alcançarmos o extraordinário, o incomum, uma singular suficiência de paz, planos não bastam; sequer contribuirão. Ao contrário, é preciso apenas sentir e partir para irmos descobrindo como e quando ousar. E é ouvindo as vozes da intuição que simplesmente devemos começar a fazer. 
O que basta mesmo é prosseguir na celebração dos acertos ao mesmo tempo em que aprendemos com os erros para corrigir a trajetória toda vez que as circunstâncias que nos desafiarem ou nos convidarem a desistir ou acomodar. 
A vida é muito mais do que ir de um ponto A ao B; é muito mais do que a pretensão de traçar trajetórias e metodologias numa ilusão de poder perseguir e controlar passos e acontecimentos. Porque as coisas realmente especiais e transformadoras sempre são construídas em lugares e momentos muito mais ricos de incertezas do que se possa prever qualquer petulância ou razão. 
A verdade é que não temos o tamanho do controle que tanto estimamos possuir. Enfim, a dura verdade é que para sermos felizes e realizados é preciso superar muitos apegos e encarar novidades. Musa!
*Prof. Dr. Pablo Eugenio Mendes
Filósofo. Educador. Filósofo Clínico. Livre Pensador.
Uberlândia/MG – Porto Alegre/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário