sexta-feira, 19 de maio de 2017

Um sentido pra viver*










A névoa deste amanhecer

Não calou o canto do passarinho
Nem escondeu os primeiros raios do sol
Há no ar um desassossego coletivo
Na dúvida em que acreditar
Há, porém, um fio de esperança 
Se não, não teria sentido o viver
Tudo passa... no vir a ser eterno
E as flores brotam e o riacho desenha os caminhos até o mar

*Dra. Rosângela Rossi
Psicoterapeuta. Escritora. Filósofa Clínica.
Juiz de Fora/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário