quinta-feira, 12 de março de 2015

Traço de estrelas*


Traço a rasgar
desalinha,
esconde raro
porvir,
inquieta vastidão.
Surgem humores,
deslizam sonhos,
quebram espelhos,
desatina alma.
Buraco Negro
que tudo engoli
para além brotar
estrelas!
Que sabemos nós?
O resto é vaidade!

*Rosângela Rossi
Psicoterapeuta, Escritora, Poeta, Filósofa Clínica
Juiz de Fora/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário