sexta-feira, 3 de março de 2017

O sol e a lua*


Um dia descobri que tinha asas... comecei a voar por horizontes perdidos.

E percebi que não mais ciscava como Galinha. Que não mais seria o que o mundo queria que eu fosse.
Doeu tirar as velhas penas e me tornar
Águia. O sol se fez meu guia. A lua minha mestra.

Deixei o medo de lado, subi a montanha e abri minhas asas.
Olhei para baixo, pensei no quanto o comodismo alimenta a zona conforto e nos paralisa.
Tentam nos aprisionar no galinheiro e nos convencem que devemos ser como a maioria- normopatas.

Porém, quando abrimos nossas asas e descobrimos que o Shangrilá está dentro de nós, as cores do mundo se tornam mais nítidas e nos tornamos donos de nossas escolhas. Isto tem um nome: Liberdade.

Voando não buscamos ter poder, mas utilizamos nossa potência infinita. Potência Criativa.

E voando livremente vi que é possível ser feliz apesar da tristeza em ver a escravidão do mundo.

Só assim tive forças para agir e chamar ao voo as galinhas que não são galinhas. A Rede solidária está crescendo e juntos vamos trabalhando para a transformação desse planeta. Apesar de...

*Dra Rosângela Rossi a DevaSmita
Psicoterapeuta. Escritora. Filósofa Clínica
Juiz de Fora/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário