sexta-feira, 13 de novembro de 2015

A Tentação*


Diante do crucifixo
Eu paro pálido tremendo:
“Já que és o Verdadeiro Filho de Deus 
Desprega a humanidade desta cruz”.

*Murilo Mendes

Nenhum comentário:

Postar um comentário